(19) 98180-8430 contato@fontecomunicacao.com.br
+0 - 0  by /0 comments

Centro Infantil Boldrini inaugura equipamento Gama Câmera

Nova conquista do serviço de Medicina Nuclear permitirá a realização de exames de cintilografia no próprio hospital e será aberto para a população

 

O Centro Infantil Boldrini, hospital que é referência no atendimento de crianças e adolescentes com câncer ou doenças no sangue, acaba de ganhar o equipamento Gama Câmera, que permitirá a realização de exames de cintilografia (fundamentais no tratamento oncológico), no próprio hospital.

A sala “Contra-Almirante Eduardo de Morais Sá Brito” foi doada pela Sra. Helena De Morais Sá Brito, esposa do Almirante já falecido, que também financiou o projeto da nova sala de quimioterapia do hospital inaugurada em janeiro deste ano. Já o equipamento Gama Câmera foi doado pelo Sr. Antônio Risaliti.

O Boldrini, que já conta com estrutura física instalada e licenciada para a Medicina Nuclear, já possuía um equipamento de PET-CT, que permite a realização de exames com 18F-FDG. “Apesar de extremamente avançado para o diagnóstico de muitos tumores, este equipamento não nos possibilitava a realização dos exames de cintilografias, essenciais para o tratamento oncológico. Para isso, era necessário termos o equipamento agora conquistado, a Gama Câmera”, ressalta o Dr. Eduardo Nóbrega Pereira Lima, coordenador da equipe do Serviço de Medicina Nuclear do Centro Infantil Boldrini.

Os exames em Gama Câmera são frequentes e indispensáveis no tratamento de pacientes com câncer. As cintilografias do esqueleto são necessárias para a avaliação de tumores nos ossos ou as metástases ósseas; as cintilografias do coração são importantes para a avaliação dos efeitos cardiológicos adversos precoces das medicações quimioterápicas; as cintilografias renais servem para avaliação e controle de possíveis efeitos adversos dos tratamentos sobre os rins, bem como as cintilografias para avaliações de tumores neuroendócrinos e da tireoide, dos linfomas, além de diversas outras aplicações da medicina nuclear na prática clínica geral.

“Antes da aquisição do equipamento, os pacientes do Boldrini eram encaminhados a outros serviços. Com a chegada do Gama Câmera teremos a autossuficiência nesta modalidade diagnóstica, com a consequente melhora do conforto e do manejo do tratamento das crianças e jovens de nossa instituição. Ao todo, é possível realizar cerca de mais de 50 exames diferentes”, reforça Dr. Eduardo.

O serviço ainda disponibilizará anestesia ambulatorial e está instalado em uma sala com características especiais para o público pediátrico. Esse é o grande diferencial da instalação do aparelho no Boldrini. “Quisemos deixar o ambiente mais harmonioso e mais lúdico para que a criança se sinta mais à vontade para a realização do exame”, comemora, Dr. Eduardo.

Além disso, a chegada do equipamento permitirá a extensão destes benefícios aos pacientes de Campinas e região, por meio do aumento do atendimento e oferta desta modalidade diagnóstica pelo Sistema Único de Saúde Regional (SUS), ao qual a o Boldrini se integra e participa, e também por outros convênios.

 

+ 0 - 0

  Post comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *