(19) 98180-8430 contato@fontecomunicacao.com.br
+0 - 0  by /0 comments

Natureza dentro de casa

Jardim vertical é a opção ideal para quem gosta de plantas mas tem pouco espaço no quintal

 Criados para amenizar a falta de áreas verdes nos centros urbanos, os jardins verticais caíram no gosto daqueles que são apaixonados por plantas, mas não possuem espaço suficiente para montar um jardim tradicional. O novo formato é adequado tanto para ambientes internos quanto externos e tem se destacado em apartamentos e salas comerciais. Já a composição é bem variada: inúmeras espécies de flores e folhagens se adaptam bem ao modelo. Entre as vantagens, estão a praticidade de instalação, diversidade de formatos, sustentabilidade dos projetos e prevenção à dengue.

“A proposta de jardins verticais muda os ambientes e quebra a monotonia dos revestimentos comuns, trazendo ao local bem estar e aconchego além de outros benefícios”, explica a arquiteta Inês Scisci, uma das responsáveis pela Suíte Master da CASA COR CAMPINAS 2014, que contou com um jardim vertical. “Eles permitem que a natureza esteja em todos os lugares da casa e podem ser usados como elemento decorativo clean e elegante, propiciam uma ambientação natural e orgânica, melhoram a qualidade do ar e fornecem oxigênio, não ocupam espaço se fixados na parede, reduzem o estresse cotidiano, ajudam a manter um bom estado de saúde e propiciam harmonia e tranquilidade”, ressalta.

Além disso, alguns modelos de jardins verticais são totalmente sustentáveis e desenvolvidos para de evitar a procriação do mosquito da dengue. “Os modelos de painéis verticais, denominados quadros verdes, possuem um reservatório que armazena água e nutrientes. Dependendo das condições de temperatura, o sistema pode permanecer sem rega por até duas semanas”, orienta a designer de interiores e paisagista Solange Rubim, completando que “a água não escorre pelas paredes, o que permite a instalação em ambientes internos sem riscos para pintura ou revestimento. Os painéis são bem simples e fáceis de aplicar”.

Segundo as profissionais, as plantas mais comuns para aplicar nos jardins verticais são as samambaias, jiboias, véu de noiva, lanterna chinesa, aspargos pendentes, renda portuguesa, maranta variegata e milindre. “Podemos usar quase todos os tipos de plantas, mas é fundamental levar em conta a quantidade de sol diária e condições de irrigação. No caso dos painéis, as plantas mais utilizadas são as bromélias, antúrios e plantas de sombra, exceto as orquídeas”, orienta Inês.

Para inspirar, conheça as propostas de jardins verticais aplicados na CASA COR CAMPINAS 2014 e deixe sua varanda com jeito de jardim:

 Varanda da Sala de Jantar – Solange Vieira Rubim, Luciana Carvalho e Vanessa Proença

Na varanda, a intenção das profissionais foi levar a natureza para perto das pessoas, em um espaço acolhedor, agradável e refrescante. Para isso, usaram painéis verticais da WallFlower, uma tecnologia francesa que possuem um reservatório que armazena água e nutrientes. “A rega era uma vez por semana e não escorria, ficava no reservatório. Quando molhamos as plantas não podemos deixar que a água escorra pois as plantas perdem os nutrientes”, explica Solange.

1

Na varanda da sala de jantar, os painéis verticais possuem um reservatório que armazena água e nutrientes (Clique na imagem para baixá-la em alta resolução – Crédito da Foto: Chrstian Meyn)

Varanda da Família – Giovana Rigo e Adriana Filgueiras

Confortável e acolhedora, a varanda da família é voltada para a contemplação. O estilo mistura o rústico e clássico contemporâneo. Dois quadros vivos na parede lateral, com samambaiais, trazem tranquilidade e aconchego ao espaço.

2

Na varanda da família os quadros vivos trazem tranquilidade e aconchego (Clique na imagem para baixá-la em alta resolução)

Suíte Master – Inês Scisci, Adriana Beluomini e Ivanilza de Alencar

A Suíte Master apresenta um banheiro contemporâneo com linhas modernas, utilizando o conceito de sala de banho e cápsula do banheiro. Na cápsula do banheiro, local de privacidade do casal, está o vaso sanitário e o mictório e uma cuba para uso diário. Quadros verdes, importados de Paris com o sistema da WallFlower dão um charme à sala de banho. “A estrutura é composta por um chassis e um reservatório de água. O chassis dá sustentação ao conjunto, enquanto o reservatório acumula a água, onde cai o pavio de algodão para propiciar humidade às plantas. Do lado esquerdo do quadro, olhando de frente, encontra-se um ponteiro que indica a todo momento o nível de água”, explica Inês.

3

O sistema de reservatório evita que a água escorra pelas paredes (Clique na imagem para baixá-la em alta resolução – Crédito da Foto: Chrstian Meyn)

Espaço Gourmet – assinado por Adriana Consulin e Izilda Moraes

No espaço gourmet o jardim vertical tem uma proposta que vai além, aliando o design à funcionalidade trazendo a qualidade dos temperos e pimentas frescas sem o uso de agrotóxicos e também a praticidade de conter todos os tipos de temperos e pimentas frescas plantadas no espaço. Neste ambiente o sistema de irrigação foi feito por meio de gotejamento.

4

 

O jardim vertical composto por temperos fica no canto direito do ambiente – parede na fachada (Clique na imagem para baixá-la em alta resolução – Crédito da Foto: Leandro Farchi)

Sobre a CASA COR

Pertencente ao grupo Abril, a CASA COR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas e reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas. Em 2015 chega à sua 7ª edição em Campinas e com 20 eventos nacionais (Alagoas, Bahia, Brasília, Campinas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Interior de SP, Litoral de SP, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina) e quatro internacionais (Peru, Chile, Equador e Bolívia).

  Post comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *